O QUE MUDA NOSSO PLANETA É CONSCIÊNCIA.
O QUE CRIA CONSCIÊNCIA É EDUCAÇÃO.
O QUE PERMITE EDUCAÇÃO É A LIBERDADE.

**************************************************

Sites de notícias ambientais:

*
O ECO
*
BLOG DO PLANETA
*
ENVOLVERDE
*
PORTAL DO MEIO AMBIENTE
*
ECOPRESS
*
ECOTERRA BRASIL
*
AMBIENTE BRASIL
* AMBIENTE ENERGIA
* ECOPLANET


em vídeo e áudio:

* MUNDO SUSTENTÁVEL (com André Trigueiro)


na rádio (e site):

* PINTOU LIMPEZA (Eldorado FM)






8 de nov de 2008

Como fazer crochê de sacolas plásticas (e reinventar uma charmosa sacola permanente)




O que você precisa:

  • sacolas plásticas
  • agulhas de crochê
  • tesoura
  • creme hidratante

Etapas

1. Recorte as alças e o fundo da sacola.
2. Estique a sacola, desfazendo as dobras laterais.
3. Dobre uma das laterais até o centro da sacola. Dobre novamente na mesma medida. Restará uma parte sem dobrar.
4. Recorte uma tira da sacola, iniciando na parte dobrada, ultrapassando a parte sem dobra e deixando a distância aproximada de três dedos sem recortar. Repita o processo até percorrer toda a sacola.
5. Desdobre as tiras. Na primeira tira, junto à extremidade sem corte, faça um corte em diagonal em uma das faces da sacola, formando uma ponta.
6. Está pronta a primeira ponta do fio! Estique a ponta e acompanhe o fio até a parte que ainda não está cortada.
7. Recorte esta parte unindo-a com a próxima tira para formar um fio contínuo. Repita o processo até transformar toda a sacola em um grande fio.
8. Torça o fio e ao mesmo tempo enrole-o no dedo formando um novelo.
9. Está pronto o fio! Agora coloque o creme hidratante na mão oposta à da agulha e antes de puxar o fio passe a ponta da agulha no creme para impedir que o plástico agarre.
10. Agora é só usar a técnica tradicional do crochê.Use e abuse da criatividade!

As peças criadas por Heloisa Nunes, demonstradas nesse passo-a-passo, podem ser vistas no Espaço Reciclarte, na sede da Recicloteca.

Fonte: Recicloteca.









* Veja também uma apresentação em slide-show sobre o impacto do lixo plástico no meio ambiente, clicando AQUI... ou assista abaixo o vídeo: